Grupo Orzil -

Orzil nas redes

Consumidor.gov.br ganha reforço com adesão da Booking.com à plataforma digital

Publicado em: 02/07/2021 - 11:25

Início » Notícias » TURISMO » Consumidor.gov.br ganha reforço com adesão da Booking.com à plataforma digital

Site permite resolução de conflitos mais célere entre consumidores e empresas dos setores de turismo e cultura

A plataforma consumidor.gov.br ganhou uma importante aliada no auxílio de resolução de problemas entre empresas e turistas. A Booking.com, um dos maiores sites de reservas de serviços turísticos do mundo, acaba de aderir à iniciativa, que possibilita o contato direto entre consumidores e estabelecimentos comerciais para a resolução de conflitos de forma mais célere.

A adesão à plataforma foi possível graças a uma parceria entre os ministérios do Turismo e da Justiça e Segurança Pública firmada em março deste ano por meio de um Acordo de Cooperação Técnica. O documento foi assinado com o objetivo de compartilhar informações e ações conjuntas de proteção aos consumidores turistas.

As duas Pastas monitoram o desempenho das empresas de forma contínua na plataforma digital e promovem reuniões periódicas para discutir melhorias na solução das demandas apresentadas pelos consumidores dos setores de turismo e da cultura, bem como incentivar a adesão de mais empresas do ramo ao sistema.

Nesta quinta-feira (01.07), o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, lançou um novo mecanismo, dentro do Cadastur, para evitar fraudes na comercialização de produtos e serviços turísticos em suas redes sociais. A apresentação da funcionalidade foi acompanhada secretária nacional do Consumidor, Juliana Domingues, por representantes do setor hoteleiro e de agências de viagens, além de outros órgãos do governo federal.

Na ocasião, Machado Neto destacou o importante papel do consumidor.gov.br e destacou a relevância da ação para a defesa do consumidor e para o bom funcionamento dessas atividades no país. “Este é um importante avanço que estamos dando para evitar fraudes neste setor, que já foi tão impactado pela pandemia. A nossa expectativa é de que com esta ação, que é um pleito antigo do trade e dos consumidores, possamos validar a autenticidade dos perfis de empreendimentos turísticos e evitar falsas contratações de serviços”, disse.

CONSUMIDOR.GOV.BR – O consumidor.gov.br é um serviço digital público, federal e gratuito administrado pela Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça. O sistema possibilita a redução da judicialização das demandas por meio do contato direto entre consumidores e empresas e tem apresentado um índice de resolutividade de cerca de 80%, com um prazo médio de respostas de até 8 dias úteis.

O consumidor.gov.br reúne vários segmentos da economia, inclusive importantes empresas do setor de turismo, como agências de viagens, companhias aéreas, hotéis, locadoras de veículos e bares e restaurantes.

 

Por Vanessa Castro

fonte: Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo