Grupo Orzil -

Orzil nas redes

Das mil obras previstas para entrega em 2021, Secretaria Especial do Esporte já concluiu 642 apenas em janeiro e fevereiro

Publicado em: 03/03/2021 - 22:09

Início » .EXECUTIVO » CIDADANIA » ESPORTE » Notícias » OBRAS PÚBLICAS » Das mil obras previstas para entrega em 2021, Secretaria Especial do Esporte já concluiu 642 apenas em janeiro e fevereiro

Janeiro fechou com o recorde de 357 equipamentos esportivos entregues. Em fevereiro foram outros 285. Repasses federais no período superaram R$ 268 milhões

Quando 2020 terminou, a Diretoria de Infraestrutura do Esporte (DIE), ligada à Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, tinha uma meta: concluir e entregar mil obras de infraestrutura esportiva em 2021 em todo país. O ritmo de entrega nos dois primeiros meses, contudo, indica que a meta será superada bem antes. Em janeiro, 357 equipamentos esportivos tiveram obras de construção ou reforma concluídas, o que representou um repasse de R$ 137,4 milhões para os municípios pelo Governo Federal. Em fevereiro, os valores somaram R$ 130,8 milhões e mais 285 obras foram concluídas.

Os números deste ano são excelentes. Estamos conseguindo concluir e entregar os equipamentos em um ritmo que nunca foi visto antes dentro da Diretoria de Infraestrutura do Esporte”

Marcelo Magalhães, secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania

Assim, em dois meses 642 equipamentos foram entregues. A lista inclui centenas de ginásios, pista de atletismo, campos de futebol, piscinas, academias ao ar livre, estádios, quadras poliesportivas, pistas de skate, quadras de tênis e campos society prontos para serem entregues à população.

“A meta de realizar mil entregas em 2021 foi estabelecida no fim do ano passado pela Secretaria Especial do Esporte e continua, mas nossa expectativa é superá-la em abril deste ano, a julgar pela velocidade das entregas”, afirma Sandro Valverde, diretor do DIE.

Para se ter ideia de como o ritmo de conclusão das obras em 2021 tem sido intenso, dezembro de 2020 havia sido o mês com mais obras concluídas: 224, decorrentes de R$ R$ 118,36 milhões repassados pelo Governo Federal.

Segundo o diretor do DIE, o resultado é produto de um trabalho de monitoramento junto às prefeituras de todas as unidades da Federação. Um controle feito diariamente para acompanhar o avanço das obras que, somados aos investimentos realizados pelo Governo Federal, permitiu que tantos equipamentos esportivos fossem entregues em 2021.

“Os números deste ano são excelentes. Estamos conseguindo concluir e entregar os equipamentos em um ritmo que nunca foi visto antes dentro da Diretoria de Infraestrutura do Esporte”, diz o secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães.

“Em janeiro, tivemos o recorde de obras entregues em um único mês e em fevereiro superamos com folga o número de entregas de dezembro, que até o ano passado tinha sido nosso melhor mês de 2020. A meta é entregar mil obras este ano e em dois meses já cumprimos 64% do objetivo. Isso é fruto de trabalho e de um  investimento alto por parte do Governo Federal. Toda equipe da Diretoria de Infraestrutura do Esporte tem se esforçado bastante. Sem o monitoramento constante que eles realizam junto às prefeituras isso não teria sido possível”, prossegue o secretário.

02032021_estrutura_esportiva.jpg

Repasses

Em dois meses, o número de obras de infraestrutura esportiva concluídas em todo o país supera em mais de seis vezes o número do primeiro semestre de 2020. Entre janeiro e julho do ano passado, 99 obras foram concluídas, por meio de repasses federais de mais de R$ 54,77 milhões.

Depois de um incremento nos investimentos e de uma atuação mais próxima da equipe da DIE junto às prefeituras, o número de entregas aumentou no segundo semestre. Entre agosto e dezembro de 2020, 858 obras esportivas foram concluídas, com repasses que somaram mais de R$ 520 milhões.

Desenvolver a infraestrutura esportiva em todos os estados é um dos objetivos da Secretaria Especial do Esporte. Isso possibilita que de Norte a Sul do país os municípios possam oferecer mais espaços a suas populações, o que permite que brasileiros de todas as idades possam praticar diversas modalidades esportivas.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania

02032021_estrutura_esportiva.jpg
WhatsApp Image 2021-03-02 at 14.49.00.jpeg
Fotos: Diretoria de Infraestrutura do Esporte/Min. Cidadania
02032021_estrutura_esportiva.jpg

Quando 2020 terminou, a Diretoria de Infraestrutura do Esporte (DIE), ligada à Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, tinha uma meta: concluir e entregar mil obras de infraestrutura esportiva em 2021 em todo país. O ritmo de entrega nos dois primeiros meses, contudo, indica que a meta será superada bem antes. Em janeiro, 357 equipamentos esportivos tiveram obras de construção ou reforma concluídas, o que representou um repasse de R$ 137,4 milhões para os municípios pelo Governo Federal. Em fevereiro, os valores somaram R$ 130,8 milhões e mais 285 obras foram concluídas.

Os números deste ano são excelentes. Estamos conseguindo concluir e entregar os equipamentos em um ritmo que nunca foi visto antes dentro da Diretoria de Infraestrutura do Esporte”

Marcelo Magalhães, secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania

Assim, em dois meses 642 equipamentos foram entregues. A lista inclui centenas de ginásios, pista de atletismo, campos de futebol, piscinas, academias ao ar livre, estádios, quadras poliesportivas, pistas de skate, quadras de tênis e campos society prontos para serem entregues à população.

“A meta de realizar mil entregas em 2021 foi estabelecida no fim do ano passado pela Secretaria Especial do Esporte e continua, mas nossa expectativa é superá-la em abril deste ano, a julgar pela velocidade das entregas”, afirma Sandro Valverde, diretor do DIE.

Para se ter ideia de como o ritmo de conclusão das obras em 2021 tem sido intenso, dezembro de 2020 havia sido o mês com mais obras concluídas: 224, decorrentes de R$ R$ 118,36 milhões repassados pelo Governo Federal.

Segundo o diretor do DIE, o resultado é produto de um trabalho de monitoramento junto às prefeituras de todas as unidades da Federação. Um controle feito diariamente para acompanhar o avanço das obras que, somados aos investimentos realizados pelo Governo Federal, permitiu que tantos equipamentos esportivos fossem entregues em 2021.

“Os números deste ano são excelentes. Estamos conseguindo concluir e entregar os equipamentos em um ritmo que nunca foi visto antes dentro da Diretoria de Infraestrutura do Esporte”, diz o secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães.

“Em janeiro, tivemos o recorde de obras entregues em um único mês e em fevereiro superamos com folga o número de entregas de dezembro, que até o ano passado tinha sido nosso melhor mês de 2020. A meta é entregar mil obras este ano e em dois meses já cumprimos 64% do objetivo. Isso é fruto de trabalho e de um  investimento alto por parte do Governo Federal. Toda equipe da Diretoria de Infraestrutura do Esporte tem se esforçado bastante. Sem o monitoramento constante que eles realizam junto às prefeituras isso não teria sido possível”, prossegue o secretário.

Repasses

Em dois meses, o número de obras de infraestrutura esportiva concluídas em todo o país supera em mais de seis vezes o número do primeiro semestre de 2020. Entre janeiro e julho do ano passado, 99 obras foram concluídas, por meio de repasses federais de mais de R$ 54,77 milhões.

Depois de um incremento nos investimentos e de uma atuação mais próxima da equipe da DIE junto às prefeituras, o número de entregas aumentou no segundo semestre. Entre agosto e dezembro de 2020, 858 obras esportivas foram concluídas, com repasses que somaram mais de R$ 520 milhões.

Desenvolver a infraestrutura esportiva em todos os estados é um dos objetivos da Secretaria Especial do Esporte. Isso possibilita que de Norte a Sul do país os municípios possam oferecer mais espaços a suas populações, o que permite que brasileiros de todas as idades possam praticar diversas modalidades esportivas.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania