Governo simplifica e reduz custos dos repasses de recursos a estados e municípios

Medida diminui a taxa de administração e descomplica a forma de controle de gastos.

O governo federal desburocratizou e reduziu os custos dos repasses para obras públicas executadas em estados e municípios. A Portaria nº 558/2019, publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira (11/10), simplifica e automatiza uma série de etapas na execução dos recursos que os estados e municípios recebem da União para a realização das obras.

A perspectiva é que, com essa medida, a tarifa de administração paga às Mandatárias da União – instituições financeiras que atuam na fiscalização das obras e na gestão dos contratos – seja reduzida de um teto de 11,7% para no máximo 4,5% dos recursos repassados via convênio ou contrato. Com isso, a economia gerada será de R$ 186 milhões por ano.

Em relação aos procedimentos, o controle de gastos será simplificado: ao invés de se checar item por item adquirido pelas construtoras, a fiscalização será realizada com base no metro quadrado de um conjunto de itens, como por exemplo uma parede. Isso porque já existe um referencial que pode balizar esses valores.

“Este é um exemplo do uso das informações e tecnologias disponíveis a favor da eficiência da administração pública”, afirma o secretário de Gestão do Ministério da Economia Cristiano Heckert. “Nosso trabalho é desburocratizar e reduzir os custos da máquina pública, sem perder a transparência e integridade dos dados e processos. Hoje conseguimos isso graças às evoluções implementadas na Plataforma +Brasil, construídas de forma colaborativa com apoio dos municípios, estados, órgãos de controle e organizações da sociedade civil parceiras da Rede +Brasil”, ressalta.

Várias inovações estão relacionadas ao aprimoramento da Plataforma +Brasil, ferramenta integrada e centralizada que reúne os dados de repasses de recursos da União. No caso da comprovação do andamento das obras, por exemplo, a prestação de contas será realizada por meio de fotos georreferenciadas a partir de um aplicativo de celular. Qualquer pessoa tem a possibilidade de fiscalizar, de acompanhar a situação das obras públicas em seu município.

Entre as medidas de melhoria da Plataforma, destacam-se:

  • Geração mais ágil das minutas de propostas de convênios e contratos de repasse;
  • Consulta online sobre situação de cumprimentos de requisitos fiscais;
  • Implantação da assinatura digital dos contratos;
  • Envio automático de notificação e formalização das parcerias às assembleias estaduais e câmaras de vereadores;
  • Análise automatizada das planilhas de engenharia resultante do processo licitatório;
  • Emissão automática da Autorização do Início de Objeto (AIO);
  • Análise mais rápida de prestação de contas de instrumentos até 5 milhões.

Ministério da Economia


Confira os nossos próximos Cursos Especiais

SICONV Completo – Operacionalização e a nova Plataforma +BRASIL
Últimas Vagas
Curso Intensivo (5 dias de curso - 40 h/a). Ciclo completo de gestão das transferências voluntárias federais: celebração, execução, fiscalização e prestação de contas no SICONV; inclui nova Plataforma +Brasil: Painel Transferências Abertas +BRASIL e Painel de Convênios; Aplicativos Gestão +BRASIL, Cidadão +BRASIL e Fiscalização +BRASIL; e Acesso aos Sistemas; Publicações Recentes: Novo Decreto nº 10.035, de 1º.10.2019 - Institui a Plataforma +Brasil no âmbito da administração pública federal.
25 a 29 de novembro de 2019 / Brasilia - DF

Nossos Clientes
Portfólio de mais de 2.500 instituições clientes e mais de 9.000 alunos capacitados
Produtos Orzil
Kits distribuídos aos alunos: qualidade e produção exclusiva
Cursos Realizados
Veja as fotos dos cursos da Orzil
Nosso Livro
A Orzil produz e publica obras de formação e capacitação de profissionais de gestão de políticas públicas
Pendrive Orzil
Mais de 2.500 arquivos, distribuídos em 47 pastas, com material bibliográfico complementar
Cartão Fidelidade
Desde 2011, o Cartão Fidelidade para clientes especiais: clientes Orzil