Nova calculadora atualiza variação nos preços pela inflação oficial do IPCA

Publicado em: 15/06/2020 - 14:46

Início » IBGE, DIEESE, EBC » Notícias » ORÇAMENTO e FINANÇAS » Nova calculadora atualiza variação nos preços pela inflação oficial do IPCA

Editoria: IBGE | Alerrandre Barros | Arte: Brisa Gil

O IBGE lançou uma calculadora online que corrige valores pela inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Basta o usuário informar a quantia, o mês inicial e o mês final, que a ferramenta atualiza o valor com base na inflação e mostra o percentual acumulado no período. A calculadora do IPCA está disponível no site do Instituto.

Parâmetro para o regime de metas de inflação e componente importante para decisões sobre as taxas de juros, o IPCA é usado como indexador de diversos contratos públicos e privados, sendo frequentemente aplicado nos cálculos de correção monetária para compensar perdas decorrentes do aumento geral no nível de preços na economia. Com o indicador, é possível verificar se um investimento teve ganho real durante o período de aplicação ou medir as mudanças no poder de compra da população.

#PraCegoVer notas de dinheiro brasileiro desde cruzeiro até real

Com a calculadora, uma pessoa pode estimar, por exemplo, quanto seria seu salário reajustado pelo IPCA. Se, em dezembro de 2018, ela ganhava R$ 1.500 por mês, inserindo na calculadora a data inicial 01/2019 e a data final 12/2019, a ferramenta corrige o salário para R$ 1.564,59, valor que ela deveria receber em janeiro de 2020, conforme a inflação acumulada ao longo do ano de 2019.

A calculadora também pode ser usada para converter um valor do passado em outro atual. Por exemplo, Cr$ 1.500 (cruzeiros) em maio de 1985, quando o país enfrentava a hiperinflação, valeriam R$ 3,88 em maio de 2020. As conversões podem ser feitas desde o início da série histórica do IPCA, em janeiro de 1980.

Os cálculos devem ser considerados apenas como referência e não como valor oficial, uma vez que, dependendo da finalidade da consulta, outros custos não considerados pela calculadora podem estar envolvidos, tais como seguros e outros encargos operacionais.

“A calculadora foi criada para auxiliar os usuários na correção de valores pela inflação. É um instrumento meramente informativo. Ela leva em consideração os meses cheios. Se digito na calculadora o período de janeiro a abril, ela vai considerar todos os dias de janeiro e abril. Não sendo possível escolher dias específicos”, disse o gerente de Índices de Preços do IBGE, Pedro Kislanov.

Desenvolvida pela Gerência de Serviços Online (Geon), com apoio da Coordenação de Índices de Preços (Coinp), a calculadora atende a uma demanda de usuários. Ela pode ser encontrada através barra de indicadores do site do Instituto, no ícone do IPCA; na página oficial do indicador; ou ainda na landing page da inflação. Com interface moderna, a ferramenta tem design responsivo e se adapta a qualquer dispositivo, seja no computador, celular ou tablet.

“A tecnologia por trás da calculadora foi toda desenvolvida pelo IBGE. A Coinp criou a fórmula de cálculo e nós aplicamos a linguagem de programação. A metodologia do cálculo, aliás, está disponível, com um exemplo de cálculo, abaixo da ferramenta. Esperamos que a calculadora seja útil para os usuários”, disse o gerente de Serviços Online do IBGE, Leandro Albertini.

40 anos de IPCA

A calculadora é mais uma novidade do IBGE neste ano em que o IPCA completou quatro décadas. Em fevereiro, o indicador começou a ser divulgado com base na nova cesta produtos e serviços que foi atualizada para acompanhar mudanças nos hábitos de consumo da população brasileira. Preços do transporte por aplicativos e de passagens aéreas passaram e ser coletados por robôs virtuais em páginas na internet.