Secretaria Especial do Esporte investe R$ 58 milhões na gestão do legado olímpico em Deodoro

A Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania garantiu recursos para o Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx) administrar e conservar as instalações esportivas do Complexo Esportivo de Deodoro, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O valor de R$ 58.112.409,03 foi assegurado por meio do Termo de Execução Descentralizada entre a União e o CCFEx – que gerencia o legado olímpico na região. A informação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Por meio de acordo de cooperação com o Exército Brasileiro, o CCFEx administra a Arena Coronel Wenceslau Malta, o Parque Equestre General Eloy Menezes, o Centro de Treinamento de Hóquei sobre Grama e o Centro Militar de Tiro Esportivo Tenente-Coronel Guilherme Paraense.

O investimento tem o objetivo de administrar e conservar as instalações esportivas, conforme descrito no plano de trabalho dos equipamentos utilizados durante os Jogos Rio 2016. A vigência é de 18 meses.

Atletas durante treinamento para Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Militar de Tiro Esportivo, em Deodoro, no Rio de Janeiro. Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Atletas durante treinamento para Copa do Mundo de Tiro Esportivo, no Centro Militar de Tiro Esportivo, em Deodoro, no Rio de Janeiro. Foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

“Hoje, a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania é quem tem ajudado a gente a custear todas as missões que o Exército Brasileiro está cumprindo aqui em Deodoro. O CCFEx entende que o legado olímpico não é herança, é algo que a gente precisa conquistar todos os dias. Essa é a maneira que o Exército entende para fazer valer a pena cada centavo que foi empregado nos Jogos do Rio 2016”, explicou o general André Luiz Allão, chefe do Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx).

O governo federal investiu R$ 951,2 milhões no Complexo de Deodoro. O complexo foi construído pelos então Ministérios do Esporte e da Defesa para os Jogos Pan-americanos e os Jogos Parapan-americanos Rio 2007. À época, a decisão foi abrigar ali modalidades menos conhecidas do público e com potencial de desenvolvimento a partir de boas estruturas (Pentatlo Moderno, Hóquei sobre Grama, Tiro Esportivo e Hipismo).

Breno Barros
Ascom – Ministério da Cidadania

Não existe nenhum curso configurado com o id 837,857

Não existe nenhum curso configurado com o id 827,828

Nossos Clientes
Portfólio de mais de 2.500 instituições clientes e mais de 9.000 alunos capacitados
Produtos Orzil
Kits distribuídos aos alunos: qualidade e produção exclusiva
Cursos Realizados
Veja as fotos dos cursos da Orzil
Nosso Livro
A Orzil produz e publica obras de formação e capacitação de profissionais de gestão de políticas públicas
Pendrive Orzil
Mais de 2.500 arquivos, distribuídos em 47 pastas, com material bibliográfico complementar
Cartão Fidelidade
Desde 2011, o Cartão Fidelidade para clientes especiais: clientes Orzil