Grupo Orzil -
16 anos de história e transformação
+ de 1.000 cursos realizados
+ de 20.000 alunos capacitados
+ de 3.000 instituições clientes

Orzil nas redes

TáxiGov chega em setembro aos estados do Acre, Tocantins, Roraima e Amapá e estará presente em todo o país

Publicado em: 17/08/2021 - 10:03

Início » .EXECUTIVO » ECONOMIA » GOVERNOS ESTADUAIS » Notícias » TáxiGov chega em setembro aos estados do Acre, Tocantins, Roraima e Amapá e estará presente em todo o país

Além dos órgãos da Administração Pública federal, o serviço também pode ser utilizado por entidades estaduais e municipais de todos os poderes

O Ministério da Economia (ME) inicia no mês de setembro a última fase de implantação do TáxiGov nos estados. Órgãos e entidades da Administração Pública localizados nas capitais Rio Branco, Palmas, Boa Vista e Macapá terão a oportunidade de aderir às Intenções de Registros de Preços (IRP) e manifestar interesse em modernizar o serviço de transporte terrestre de seus servidores. Após essas adesões, o serviço estará presente em todos os estados do país.

“O TáxiGov já está presente em todas as regiões do país, com a possibilidade de estados e municípios participarem das licitações conduzidas pelo governo federal. Além da adesão de órgãos da Administração federal direta, o serviço também pode ser utilizado por entidades estaduais e municipais e dos poderes Legislativo e Judiciário”, explica o secretário de Gestão da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG) do ME, Cristiano Heckert.

O serviço contempla 191 órgãos e entidades da Administração Pública e, até o momento, gerou uma economia de R$ 30 milhões. “Além da economia, o modelo de transporte por aplicativo facilita a gestão, aumenta a transparência e traz eficiência ao serviço, reduzindo em 22% o tempo médio de atendimento ao usuário”, complementa Heckert.

A expectativa anual de economia para o TáxiGov no Acre é de R$ 133 mil, o que equivale a uma redução de 33,9% em relação aos atuais modelos de transporte para atendimento a três mil servidores. No Tocantins, espera-se uma economia de R$ 257 mil com o novo modelo no atendimento a quatro mil servidores, ou seja, uma redução de 49% em relação aos atuais modelos.

Já para o uso do TáxiGov em Roraima, a economia anual prevista é de R$ 136 mil, equivalente à redução de 38,3% para atendimento a cerca de três mil servidores. No Amapá, a expectativa para atendimento a mais de três mil servidores é de uma economia anual de R$ 185 mil  redução de 51,2% comparado aos antigos modelos de transporte.

As licitações servirão para a contratação de serviços de táxi ou de transporte individual de passageiros, ou prestação de serviço de transporte por locação de veículos, com área de atuação nas capitais de cada um dos quatro estados e suas respectivas regiões metropolitanas. Os contratos terão duração de 12 meses, podendo ser renovados. Entre as exigências, os carros devem ter quatro portas, ar-condicionado e monitoramento via aplicativo com GPS.

Táxigov é o serviço de transporte de servidores e colaboradores da Administração Pública federal em deslocamentos a trabalho dentro de uma região metropolitana, que começou a ser implementado em março de 2017, em Brasília. A partir de 2019, o serviço iniciou a expansão a outros estados, e até o fim de 2021 estará disponível em todas as capitais do país.

fonte ME