A RIDE-DF no Projeto Rondon

Com o objetivo de melhorar a saúde e o meio ambiente, envolvendo a tecnologia e a inovação, Sudeco presencia a chegada do Projeto Rondon à Região Integrada

Por Assessoria de ComunicaçãoPublicação

Agora é oficial. Onze municípios que compõem a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE-DF) foram selecionados pelo Ministério Defesa para participarem da Operação do Projeto Rondon Lobo Guará, a ser realizada em julho de 2020. A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) esteve presente ontem (2) na cerimônia de Assinatura do Acordo de Cooperação entre o Ministério da Defesa e os prefeitos dos municípios, pertencentes à Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB) e que compõem a RIDE-DF, representada pela coordenadora de Planos e Projetos Especiais, Simone Soares de Carvalho. O projeto acontecerá nos municípios goianos de Alto Paraíso de Goiás, Alvorada do Norte, Cavalcante, Flores de Goiás, São João D’Aliança, Simolândia, Cabeceiras, Águas Lindas de Goiás, Valparaíso de Goiás, Teresina de Goiás e no município mineiro de Cabeceira Grande.

O Projeto Rondon é uma ação interministerial do Governo Federal, coordenada pelo Ministério da Defesa por intermédio do Comitê de Orientação e Supervisão (COS) e conforme dispõe o Decreto n° 9.848, de 25 de junho de 2019, em parceria com outros órgãos. A finalidade é trazer benefícios duradouros às comunidades dos municípios da RIDE-DF relacionados. De um modo que consolida no universitário brasileiro o sentimento de responsabilidade social, uma vez que as instituições de ensino superior realizam ações com caráter de extensão que contribuem com o desenvolvimento e o fortalecimento da cidadania do estudante universitário e para o desenvolvimento sustentável, o bem-estar social e a qualidade de vida das comunidades carentes, usando as habilidades universitárias.

A Sudeco foi convidada a intermediar, junto aos municípios, o encontro de divulgação da Operação Lobo Guará, evento que precedeu a Cerimônia. A assinatura confirma o êxito da Superintendência em proporcionar “por meio do voluntariado, a busca do desenvolvimento das comunidades brasileiras mais necessitadas. É por meio de projetos como esse que jovens universitários encontram a oportunidade de evolução e cidadania embasadas pelos princípios da democracia, da responsabilidade e da defesa dos interesses nacionais”, declarou a coordenadora de Planos e Projetos Especiais. Simone acrescenta que “a Sudeco tem ciência de que os jovens estão ansiosos para o conhecimento de realidades tão próximas, mas ao mesmo tempo tão distantes, e acreditam que esse conhecimento é capaz de fomentar o crescimento profissional e pessoal de cada um deles”, afirmou.

Desde que foi relançado, o Projeto Rondon já realizou mais de oitenta operações de desenvolvimento sustentável, geração de renda, palestras educativas, intervenções para a prevenção de doenças e cuidados com a saúde. Foram vinte quatro estados atendidos e mil e duzentas e trinta e sete cidades que receberam o programa federal. O Distrito Federal está em tratativas para receber a Operação Lobo Guará. Ao todo, mais de duas mil e trezentas instituições de ensino superior e mais de vinte e três mil e quatrocentos voluntários (rondonistas) já participaram de outras operações.

Não existe nenhum curso configurado com o id 866,869

Não existe nenhum curso configurado com o id 852,842

Nossos Clientes
Portfólio de mais de 2.500 instituições clientes e mais de 9.000 alunos capacitados
Produtos Orzil
Kits distribuídos aos alunos: qualidade e produção exclusiva
Cursos Realizados
Veja as fotos dos cursos da Orzil
Nosso Livro
A Orzil produz e publica obras de formação e capacitação de profissionais de gestão de políticas públicas
Pendrive Orzil
Mais de 2.500 arquivos, distribuídos em 47 pastas, com material bibliográfico complementar
Cartão Fidelidade
Desde 2011, o Cartão Fidelidade para clientes especiais: clientes Orzil