Grupo Orzil -
16 anos de história e transformação
+ de 1.000 cursos realizados
+ de 20.000 alunos capacitados
+ de 3.000 instituições clientes

Orzil nas redes

Presidente do IBGE alerta sobre o mau uso das estatísticas nas eleições

Publicado em: 16/03/2018 - 13:43

Início » ELEIÇÕES » Notícias » Presidente do IBGE alerta sobre o mau uso das estatísticas nas eleições

Presidente do IBGE alerta sobre o mau uso das estatísticas nas eleições

Roberto Luis Olinto diz que “devemos ficar atentos e atacar o mau uso das informações”

Por Caio Lencioni

Com o fluxo cada vez mais rápido de informações nas redes sociais, o presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Luis Olinto, pede para que a atenção seja redobrada em relação às estatísticas do IBGE nas eleições.

Ele diz que em época de eleições é frequente ver estatísticas divulgadas pelo IBGE sendo distorcidas, de acordo com os interesses de quem está dando as informações. “Daqui a pouco o instituto começará a ser citado, que o crescimento foi esse e o desemprego aquilo. Um dos princípios da estatística é que você deve atacar o mau uso das informações”. Ele também diz que mesmo fora do período eleitoral não é raro ver notícias que distorcem os índices.

Além disso, ele explica que a lógica da informação está em processo de mudança, por conta do excesso de dados disponíveis, e que é preciso ter cautela. “O instituto tem que estar atento a esse excesso na produção de dados, senão a gente naufraga nessa produção. Caso não estejamos atentos, perde-se a credibilidade.”

Ele cita o exemplo do Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) da Argentina, que perdeu a confiabilidade dos dados oficias sobre a inflação após mudanças metodológicas na medição dos preços. Isso fez com que setores econômicos buscassem consultorias privadas para se guiarem. “Quanto mais complexo o universo que você vive, mais difícil manter a credibilidade”, diz Olinto.

REGISTRO AUT. 125985318082018/ORZIL


Entendendo a Nova Legislação de Convênios

Completo com foco no Decreto nº 8.943 – 27.12.2016 e Portaria Interministerial nº 424 – 30.12.2016: celebração, execução, fiscalização, prestação de contas e tomada de contas especial – TCE. Inclui a nova Portaria Interministerial nº 451 – 18.12.2017, publicada no DOU de 8 de janeiro de 2018. Curso com Auditor Federal de Controle Externo do TCU.

05 e 06 de abril de 2018 / Brasília – DF

Informações Completas+