Crianças e gestantes do Cadastro Único passam a ser atendidas pelo Criança Feliz

Com a mudança, definida após reunião do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), mais de 370 mil crianças poderão ser beneficiadas


Rafael Zart

Brasília – Mais de 370 mil crianças poderão ser beneficiadas com a ampliação do atendimento do Criança Feliz para as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. A mudança, aprovada por unanimidade pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), nesta quinta-feira, em Brasília, definiu um novo público para o programa, que antes era direcionado especificamente aos beneficiários do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Também será aberto novo período de adesão – ainda a ser definido pelo Ministério da Cidadania. Municípios que antes não atendiam os critérios pré-definidos pelo programa por não atingirem um número mínimo de beneficiários do público-alvo poderão ser incluídos. Mais de 330 cidades que não eram elegíveis – e que somam cerca de 36 mil crianças – poderão, a partir de agora, ser atendidas. Um avanço a ser comemorado, segundo o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

“Foi muito louvável a decisão do Conselho Nacional De Assistência Social, expandindo para todas as crianças do Cadastro Único a possibilidade de participar do Criança Feliz. Vamos, agora, partir para uma ampliação rápida do programa para beneficiar as crianças pobres do Brasil, para que elas tenham desempenho melhor na escola e, consequentemente, um futuro melhor”, avaliou Terra.

Atualmente, 2.622 munícipios aderiram ao programa e 490.460 pessoas, entre gestantes e crianças, já receberam atendimento. Segundo destacou a presidente do CNAS, Norma Suely Carvalho, a mudança possibilitará a ampliação do programa. “É um marco importante para expandirmos a atuação do Criança Feliz. Abre um leque de possibilidade de atendimento, principalmente para esses municípios menores que não estão encontrando esta possibilidade”. cursos especiais+

Para a representante do Fórum Nacional dos Usuários do Sistema Único de Assistência Social (Suas), Solange Bueno, a nova resolução atende uma demanda dos munícipios e, agora, mais pessoas poderão ser contempladas. “Isso vai fazer com que os usuários dessa faixa sejam assistidos com uma melhor qualidade, com mais investimento, principalmente nesses municípios que já fizeram a adesão”.

Saiba Mais
O Ministério da Cidadania coordena as ações do Criança Feliz por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. O programa integra as áreas da Saúde, Assistência Social, Educação, Justiça, Cultura e Direitos Humanos. Os atendimentos às famílias ocorrem semanalmente. Nelas, os visitadores orientam sobre o desenvolvimento das crianças de até 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e de até 6 anos que recebem o BPC. As gestantes também recebem atendimento.

* Por Pamela Santos

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa


Confira os nossos próximos Cursos Especiais

Termo de Execução Descentralizada – TED
Confirmado
Curso Especial: correto entendimento, formalização, celebração, execução, acompanhamento e prestação de contas desse importante instrumento de formulação e execução descentralizada de políticas públicas do Governo Federal.
26 e 27 de fevereiro de 2019 / Brasília - DF

Nossos Clientes
Portfólio de mais de 2.500 instituições clientes e mais de 9.000 alunos capacitados
Produtos Orzil
Kits distribuídos aos alunos: qualidade e produção exclusiva
Cursos Realizados
Veja as fotos dos cursos da Orzil
Nosso Livro
A Orzil produz e publica obras de formação e capacitação de profissionais de gestão de políticas públicas
Pendrive Orzil
Mais de 2.500 arquivos, distribuídos em 47 pastas, com material bibliográfico complementar
Cartão Fidelidade
Desde 2011, o Cartão Fidelidade para clientes especiais: clientes Orzil